Menu Lateral
 
Ervália, 14 de Novembro de 2018 :: 60 visitantes online.

Ervália, Ubá, Divinésia, Visconde do Rio Branco, São Geraldo, Guricema e Guidoval mais Rodeiro, Astolfo Dutra e Dona Euzébia se unem pelo desenvolvimento da região da Bacia do Rio Xopotó.

Publicado em 07/10/2014 00:00:00


Após o Evento, o Sr. Marcelo Libanio - Coordenador técnico EmaterMG escreveu:

 

 

Fórum de Desenvolvimento da Bacia Hidrográfica do Rio Xopotó

 

No dia 03/10, em Ervália, foi realizado o 6º encontro para a construção coletiva de uma proposta de desenvolvimento com um foco muito especial.

O contexto sócioeconômicoambiental da Bacia do Rio Xopotó, onde se estabeleceu o Pólo moveleiro de Ubá, compartilha um recurso hídrico que cria interdependência entre os seus usuários: a água. 

Este recurso é compartilhado por 6 municípios da Uregi de Viçosa (Ervália, Divinésia, São Geraldo, Visconde do Rio Branco, Ubá, Guricema e Guidoval e 3 municípios da Uregi de Cataguases (Rodeiro, Astolfo Dutra e Dona Euzébia). 

Todavia, este contexto apresenta problemas de Qualidade Ambiental aliado a problemas relacionados ao seu Potencial Social que vai de muito favorável a precário. Além disso, a sua cobertura vegetal corresponde a 3% da área total da bacia, ocupada com pastagens degradadas, porém a sua Vulnerabilidade Natural é muito baixa e, portanto, a sua resiliência é alta, o que significa que ele pode se recuperar dos impactos sofridos com relativa facilidade.

É importante ressaltar que este contexto abriga uma contradição que precisa ser discutida: um pólo moveleiro sem matéria prima. A produção de biomassa é quase inexistente. O PIB se concentra nos municípios de Ubá e Visconde do Rio Branco, onde há um grande afluxo populacional.

A iniciativa vem da sociedade civil que se organiza e é apoiada pela Emater MG que possui escritórios em todos os municípios, conduzindo o processo de construção coletiva através do uso de metodologias participativas pelos técnicos(as), além do apoio  para os diagnósticos necessários e a mobilização social, através da criação de redes de comunicação. O trabalho vem sendo conduzido pelo Coordenador técnico Marcelo Libanio com o apoio da Gerente regional de Viçosa, Raphaela Pinheiro.

As duas últimas oficinas itinerantes, uma realizada em Ubá no dia 22/08 e esta última em Ervália, propiciaram a construção de 7 grandes diretrizes para Programas:

• Fortalecimento da Agricultura Familiar;

   Diversificação das Atividades Rurais;

   Redução do Êxodo Rural na bacia do Xopotó;

   Mobilização social fortalecida;

• Integração institucional implementada;

• Questão ambiental equacionada;

• Organização Social da Bacia do Xopotó fortalecida;

• Comercialização na Bacia do Xopotó;

• Diversificação da produção industrial;

• Fóruns institucionais regionais realizados;

 

Este último encontro em Ervália iniciou o processo de detalhamento desses programas com a participação em tempo integral do Prefeito de Ervália Nauto Euzébio da Silva (Nautinho) e do Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente Roberto Luciano Batista Filho, mais cerca de 60 participantes entusiasmados com o processo e seus resultados. 

A próxima reunião está agendada para o dia 12/11, em Paula Cândido, onde uma comissão que estuda a criação de uma Câmara Técnica e de um Comitê de Bacia apresentará estudos nessa direção.”

 

 

fotos do evento

 

 

http://ervalia.mg.gov.br


Mais Notícias

(c) 2018 - Prefeitura Municipal de Ervália
Endereço: Praça Arthur Bernardes, nº 1 Cep: 36.555-000 - Cidade: Ervália / MG
Tel.: (32) 3554-1124 - Email: administracao@ervalia.mg.gov.br

Versão: 2018.10.03
Alternar para Versão Mobile
Desenvolvido por: